Cálculo Imposto de Renda 2019

Cálculo Imposto de Renda 2019 – Agora que o Carnaval acabou e definitivamente 2019 começou é hora de se preocupar com alguns assuntos importantes como é o caso da Declaração do Imposto de Renda que é um tributo obrigatório e que não pode ser desconsiderado e também do Cálculo Imposto de Renda 2019.

O Imposto de Renda é uma das tributações que mais gera dúvidas nos brasileiros devido a sua burocracia e detalhes. Contudo, hoje é possível preparar um rascunho da sua declaração que facilita a lembrança e organização de todos os dados necessários.

Mas se ainda assim você sente dificuldade em fazer o preenchimento da declaração não deve se preocupar, pois esse artigo foi criado com o intuito de te ajudar. Então, continue comigo pelos próximos parágrafos!

Cálculo Imposto de Renda 2019
Cálculo Imposto de Renda 2019

Quem deve declarar Imposto de Renda 2019?

Quem tem direitoO primeiro ponto a se considerar sobre o Imposto de Renda 2019 é saber quem é obrigado a fazer a declaração da tributação. Vale lembrar que nem todos os cidadãos precisam cumprir com esta tarefa, pois quem precisa são aqueles que se enquadram nos seguintes casos:

  • Cidadãos que obtiveram como rendimento em 2017 o valor total igual ou superior a quantia de R$ 28.123,91 ou o equivalente mensal de R$ 1.999,18;
  • Cidadãos que tiveram rendimentos não tributáveis de valor igual ou superior a quantia de R$ 40.000,00 durante o ano de 2017;
  • Trabalhadores rurais que obtiveram como rendimento de suas atividades o valor igual ou superior a R$ 140.619,55 durante o ano de 2017;
  • Cidadãos que possuem terrenos e bens avaliados em R$ 300.000,00 ou mais;
  • Cidadãos que tiveram ganhos referentes a transferência de bens ou que tenham efetuado operações na Bolsa de Valores;
  • Estrangeiros que passaram a morar em território brasileiro independente do mês de 2017;
  • Contribuintes que decidiram pela opção de isenção de imposto de renda sob o ganho da venda de imóveis com o intuito de aplicar o valor recebido na aquisição de outra propriedade.

Por outro lado, há uma parcela da sociedade que não precisa fazer a declaração do Imposto de Renda 2019. São eles:

  • Cidadãos que recebem algum tipo de benefício social como, por exemplo, pensão, aposentaria ou reforma;
  • Pessoas que possuem bens com valor máximo de R$ 300 mil;
  • Trabalhadores que receberam como renda mensal o valor inferior a R$ 1.999,18 no ano de 2017;
  • Pessoas portadoras de doenças graves como, por exemplo, tuberculose ativa, AIDS ou algum tipo de contaminação provocada por radiação.

Como calcular Imposto de Renda

Embora o Imposto de Renda pareça complicado, o Governo Federal conseguiu simplificar o seu cálculo por meio de um sistema informatizado que facilita a vida dos cidadãos. No sistema da Receita Federal é só você inserir os dados solicitados na tela para obter o resultado do cálculo imediato.

Outra forma de fazer o cálculo é realizar o seguinte procedimento:

  • Pegue o valor do seu salário bruto
  • Multiplique pela alíquota do INSS
  • Diminua o valor de dedução para cada dependente
  • Multiplique pela alíquota do IR
  • Diminua a parcela a ser deduzida.

O resultado obtido é o seu cálculo de dedução do Imposto de Renda 2019. para mais detalhes, confira o simulador do imposto de renda 2019.


Cálculo Imposto de Renda 2019

Você pode aproveitar e utilizar o site da Receita Federal para fazer o cálculo do IRPF 2019. Para isso é só realizar os seguintes procedimentos:

  1. Acesse o site da Receita neste link (idg.receita.fazenda.gov.br/);
  2. A esquerda da sua tela, procure e clique na opção “download” que fica em “Centrais de Conteúdos”;
  3. Clique em “Receita.net”;
  4. Verifique o sistema operacional do seu computador e baixe o arquivo compatível;
  5. Em seguida, abra o programa e preencha corretamente todo o formulário;
  6. Não clique em “Enviar” (pois você logo verá o resultado do seu cálculo).

Com esta medida simples você já fica sabendo se terá direito a receber ou mesmo se terá que pagar algum valor ao leão. Deste modo, poderá se organizar melhor e cumprir corretamente com todos os procedimentos para ficar tranquilo ao final.

Lembre-se que se você estiver enquadrado nos requisitos de contribuintes que devem obrigatoriamente fazer a declaração do Imposto de Renda 2019 não poderá deixar de cumprir com esta obrigação, senão poderá ter problemas sérios com a Receita e acabar se comprometendo.

Fique atento aos prazos e não deixe para fazer a sua declaração do IRPF 2019 na última hora. Evite imprevistos!

Tem alguma dúvida? Deixe sua pergunta nos comentários abaixo.

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (1 votes, average: 5,00 out of 5)
Loading...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *