Tabela IRRF 2019: Imposto de Renda Retido na Fonte

O Imposto de Renda Retido na FonteIRRF 2019 é um imposto recolhido pelo governo brasileiro, deduzido nos rendimentos dos trabalhadores regulares. Ou seja, que trabalham sob regime da Consolidação das Leis do Trabalho – CLT. A retenção pela Tabela IRRF 2019 é obrigação do empregador, apesar de ser um tributo cobrado ao contribuinte.

Em 2019 a declaração do Imposto sobre a Renda da Pessoa Física apresenta algumas alterações, dentre as quais:

  • na alíquota efetiva opera-se a exibição da relação percentual entre o imposto devido e o total de rendimentos tributáveis;
  • passa-se à condição de obrigatoriedade o informe de CPF de dependentes com faixa etária de 8 anos acima (completados até a data de 31/12/2018), dentre outras.
Tabela IRRF 2019
Tabela IRRF 2019

Apesar de ser um imposto comumente descontado dos trabalhadores com carteira assinada, existem casos específicos em que o Imposto de Renda 2019 – IR também pode ser recolhido na fonte, como aqueles cujos proveitos são advindos de trabalho não assalariado e pagos por pessoa jurídica; rendimentos provenientes de transações operadas entre pessoas jurídicas e aluguéis/royalties pagos por pessoa jurídica.


Tabela IRRF 2019 – Ano Calendário 2018

As alíquotas da Tabela IRRF 2019 variam de acordo com a remuneração do trabalhador. Rendimentos anuais que não ultrapassem o valor de R$ 22.847,76 possuem isenção, não sendo necessária a declaração do IR. A tabela IRRF 2019 – Ano Calendário 2018 possui alíquota que muda de salário para salário e pode variar de 7,5% a 27,5%.

Base de cálculo (em R$) Alíquota (%) Parcela a deduzir (em R$)
Até 1.903,98
De 1.903,99 até 2.826,65 7,5 142,80
De 2.826,66 até 3.751,05 15 354,80
De 3.751,06 até 4.664,68 22,5 636,13
Acima de 4.664,68 27,5 869,36
Dedução por dependente: R$ 189,59

Tabela de Rendimentos previdenciários isentos para maiores de 65 anos

Ano-calendário Valores isentos mensais (R$)
A partir do mês de abril do ano-calendário de 2015 até 1.903,98
2015, até o mês de março até 1.787,77
2014 até 1.787,77

Ano-calendárioValores isentos mensais (R$)A partir do mês de abril do ano-calendário de 2015até 1.903,982015, até o mês de marçoaté 1.787,772014até 1.787,77


Tabela IRRF 2019 – Dedução Por Dependente

Em 2019 o informe de CPF de dependentes com faixa etária de 8 anos acima (completados até a data de 31/12/2018) passa a ser obrigatório. Os limites de deduções permitidas no IR de 2019 não sofreram alterações, somente o limite de abatimento do INSS recolhido de empregados domésticos sofreu aumento, por estar vinculado ao salário mínimo.

Os valores dos descontos permitidos no IR 2019 são:

  • Descontos do INSS pago no máximo a um empregado doméstico por declaração: R$ 1.171,84;
  • Despesas com saúde: sem limite determinado;
  • Dedução por dependente: R$ 2.275,08;
  • Despesas com educação: R$ 3.561,50 por pessoa.

Veja também: Como tirar o atestado do INSS para declaração do Imposto de Renda pelo portal do Meu INSS, da Previdência Social.

Para que o contribuinte possa utilizar todas as modalidades de deduções, deve escolher o modelo completo da declaração, haja vista que no modelo simples essas despesas não são levadas em consideração e o programa da declaração aplica um percentual de desconto padronizado em 20% da renda e limitado a R$ 16.754,34.


Como Calcular o IRRF 2019

Para realizar o cálculo correto do IRRF 2019, é preciso saber o valor do INSS que serão deduzidos. Geralmente esse desconto apresenta um percentual que pode variar de 8% a 11%.

  • Consultar a tabela de IRRF vigente, pois o valor de IRRF é calculado sobre o valor do salário e outros rendimentos do trabalhador;
  • Verificar os valores referentes ao INSS de acordo com a tabela vigente;
  • Contabilizar o número de dependentes do trabalhador. Para cada dependente aplica-se um valor a ser abatido no IRRF (o valor descontado por dependente é de R$189,59);
  • Conferir as situações que se enquadram como dependentes e anexar os dados comprobatórios e se na folha de pagamento são descontados valores referentes a pensão alimentícia e previdência privada. Quando houver, tais valores devem ser deduzidos do IRRF.
  • Com estes valores em mãos, deve-se consultar novamente a tabela vigente de IRRF para efetivação do cálculo:

Veja também: Acesse o Simulador do Imposto de Renda e simule a alíquota efetiva de retenção do IRRF 2019.


Alíquotas do IRRF 2019

AlíquotasA depender dos salários, as alíquotas do IRRF 2019 apresentam distinção, podendo variar de 7,5% a 27,5%. No cálculo das alíquotas do IRRF 2019 deve-se considerar ainda que, caso o trabalhador se enquadre em determinada alíquota do imposto retido na fonte, o valor da mesma não incidirá integralmente sobre seu salário, mas sim sobre as parcelas tributáveis. Estão isentos os trabalhadores com rendimentos entre 0,00 até R$ 1.903,98.

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (1 votes, average: 5,00 out of 5)
Loading...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *